Os animais tem alma ? Eles evoluem, reencarnam, têm mediunidade ?

Pessoal, gostaria de ler a opinião das várias correntes de pensamento que temos no Espirit book. Sei que temos amantes dos animais, por aqui, e creio que sairá uma boa conversa...

Tags: alma, animais, evolução, reencarnação

Exibições: 4137

Responder esta

Respostas a este tópico

Reparem no Livro que ilustra esse FORUM, de Ernesto Bozzano !

Sobre a questão de os animais terem alma, transcrevo um trecho do Valdemar W. Setzer que está no FORUM de Antroposofia : 

 

"Olá, Henrique e leitores,

Henrique tem a mania de fazer perguntas muito importantes...

Eu escrevi um longo texto "Uma introdução antroposófica à constituição humana", disponível em http://www.ime.usp.br/~vwsetzer/const1.htm  [endereço alterado em 5/1/14] que usei durante vários anos como material para a parte inicial de um curso básico de Antroposofia, que eu dava com minha esposa, e que hoje em dia é dado pela Diretoria da Sociedade Antroposófica no Brasil, em São Paulo. Nesse texto, essa pergunta está respondida em detalhe.

Vou pensar em escrever algo só sobre essa pergunta, mas vou adiantar o seguinte. Os animais têm alma, caso contrário não teriam sensações, sentimentos e impulsos de vontade (que são acompanhados por reações físicas em seu corpo, mas isso não significa que esses processos são puramente físicos). O ser humano tem tudo isso, mas tem algo a mais, que é o pensamento, isto é, sua alma tem capacidades que os animais não têm. Mas, além de alma com mais capacidades, o ser humano tem algo ainda "superior" a ela, que os animais não têm: é seu espírito. Com ele, o ser humano adquire uma individualidade, um carma, a reencarnação, uma autoconsciência, um livre arbítrio, que os animais não têm. Além disso, pelo fato de ter o espírito dentro de si, ele é capaz de atingir os mundos espirituais e investigá-los em plena autoconsciência. Essa capacidade de atingir os mundos espirituais é usada constantemente pelas pessoas; por exemplo, quando vocês olham para a entrada do recinto onde se encontram, o que percebem visualmente? Todos dirão "uma porta", mas isso está errado. O que se percebe visualmente são impulsos luminosos. "Porta" é um conceito, existente no mundo espiritual, que podemos atingir e associar à representação mental que fazemos a partir da percepção visual.

Os animais, não tendo espírito, não são capazes de formular ou captar conceitos, fora o fato de que estes são normalmente expressos em alguma língua, e os animais não falam.

Acho bom parar por aqui, senão acabo escrevendo mais um artigo!

aaaaaaaaaaaaaaaa, VWS"

Gosto muito de um conceito que diz que os animais possuem uma centelha espiritual, que podemos chamar de alma, mas não como a dos seres humanos, visto que não possuem livre- arbítrio e não pensam, são dotados de instintos.

Na questão 600 do LE, os espíritos dizem que a alma do animal sobrevive ao seu corpo, mas é reutilizada rapidamente em outro corpo (geralmente da mesma espécie). Há muita polêmica em torno dessa questão, mas acredito que a alma de um animal, depois de passar por várias experiências em vários corpos da mesma espécie, evolui para outra mais elevada (diga-se, menos selvagem).

Isso dá muito pano pra manga...

É isso mesmo,Isa! Essa história é emocionante! Inácio e eu estivemos ano retrasado na casa de Chico (em Uberaba), e vimos pendurada na parede uma foto dele com a Boneca no colo, e também tinha essa história contada... Me derramei em lágrimas! Mas não acho que de um modo geral, os cães venham reencarnar junto aos seus donos, mas acho que seja possível em alguns casos especiais (como neste do Chico).

Abração!

Valdemar, então segundo a Antroposofia, animais têm aspectos da alma em comum com os seres humanos, e estes têm aspectos da alma não presentes nos animais. Mas isso se aplica a todos os seres vivos? Será que as plantas também têm alma?

Pessoal, aí vai um texto sobre mediunidade nos animais. Mais informação para trocarmos idéia !

http://livrodosmediuns.wordpress.com/2a-parte-das-manifestacoes-esp...

Explicação do LE, pergunta 585:"Esse quatro graus apresentam, com efeito, caracteres determinados, muito embora pareçam confundir-se nos seus limites extremos. A matéria inerte, que constitui o reino mineral, só tem em si uma força mecânica. As plantas, ainda que compostas de matéria inerte, são dotadas de vitalidade. Os animais, tambem dotados de matéria inerte e igualmente dotados de vitalidade, possuem, além disso, uma espécie de inteligencia instintiva, limitada, e a consciencia de sua existencia e de suas individualidades. o homem, tendo tudo o que há nas plantas e nos animais, domina todas as outras classes por uma inteligencia especial, indefinida, que lhe dá a consciencia do seu futuro, a percepção das coisas extramateriais e o conhecimento de Deus.

Acho fantástica a distinção feita entre os vários reinos... Perfeita!

Henrique Ventura Régis disse:

Pessoal, aí vai um texto sobre mediunidade nos animais. Mais informação para trocarmos idéia !

http://livrodosmediuns.wordpress.com/2a-parte-das-manifestacoes-esp...

Concordo, Claudie ! O Livro dos Espíritos é mesmo sensacional ! Minha leitura preferida, a base de toda a doutrina !
A visão da doutrina espírita, a gente conhece. Eu quero saber a visão da Antroposofia. O Valdemar disse que vai de morar um pouco, mas vai responder !

Isabel Christina P Araújo disse:

pára ai...primeiro os animais, rsrsrsr, plantas... nunca pensei nisso...putz...rsrs novos desafios


....


Henrique Ventura Régis disse:

Valdemar, então segundo a Antroposofia, animais também têm aspectos da alma em comum com os seres humanos, e estes têm aspectos da alma não presentes nos animais. Mas isso se aplica a todos os seres vivos? Será que as plantas também têm alma?

Olá a todos,

Henrique, obrigado por reativar este assunto importantíssimo. E mil desculpas, não percebi ou esqueci (eta vecchiaia!) de responder sua questão de 3/5/11. Vou respondê-la, se bem que já discorri sobre isso em outro tópico.

Não, segundo a Antroposofia, as plantas não têm alma. Elas têm algo que lhes dá a vida e todos os processos vitais (crescimento a partir do interior, regeneração de tecidos, reprodução, formas orgânicas etc.) que, seguindo certas tradições, é denominado de "corpo etérico". Mas, cuidado, o corpo etérico da Antroposofia não tem absolutamente nada de físico, em contraposição a, por exemplo, o "duplo etérico" da Teosofia, que é de uma substancialidade física "mais sutil" (não adianta ela ser física mais sutil, continua sendo física, como por exemplo o calor ou a irradiação eletromagnética).

Plantas, animais e seres humanos têm em comum não só um corpo físico, mas também um corpo etérico. Só que animais e seres humanos têm mais do que esses dois. Os animais têm algo mais espiritualizado (e portanto mais "elevado"), que lhes dá aquilo que as plantas não tem: mobilidade, instintos, sensações, memória (atenção, bem diferente da nossa; a deles é ligada às sensações -- quando um cachorro sente falta do dono, sente falta das sensações que ele produz, isto é, não é capaz de lembrar do dono em representação mental, como nós podemos fazer com qualquer lembrança), simpatias e antipatias, consciência, alternância entre sono e vigília etc. Podemos associar o que os animais têm e que as plantas não têm à presença, naqueles, de uma alma.

Os seres humanos, além da alma, têm um espírito, que possui uma individualidade intrínseca, diferente da individualidade animal, que é devida exclusivamente à hereditariedade (genes) e à influência do meio ambiente, e as modificações que este último produziu no corpo etérico e na alma.

A presença do corpo etérico muda a configuração do corpo físico. Por isso plantas e animais têm uma forma física diferente dos minerais, que não têm corpo etérico (por isso não têm vida). A presença da alma muda a configuração do corpo etérico e portanto do físico, por isso os animais têm forma física diferente das plantas. A presença do espírito muda a alma, por isso a alma humana é diferente da alma dos animais, tendo capacidades que essa última não tem, como sentimentos elevados (por exemplo, a compaixão não instintiva), o pensar, a autoconsciência etc. O espírito e a alma humanas mudam o corpo etérico, que é diferente do dos animais, e portanto o corpo físico humano é diferente do dos animais -- por exemplo, só o ser humano tem abóboda palatina na boca, só ele tem uma coluna vertebral em duplo S, só ele fica ereto, só ele ter um cérebro com a configuração humana, só ele nasce com características ainda embrionárias (e conserva algumas durante toda a vida), só ele leva 21 anos para se tornar um adulto (os animais tornam-se adultos assim que as capacidades sexuais amadurecem) etc. etc.

Os animais têm um "espirito grupal" de cada espécie que "paira" acima da alma, e não chega a impregná-la e atuar sobre ela, sobre o corpo etérico e o corpo físico da maneira que o espírito humano consegue impregnar e atuar. É por isso que, matando-se um leão, a leonidade, o espírito dos leões, continua existindo como antes. Mas matando-se um ser humano elimina-se algo absolutamente único: aquela particular encarnação de seu espírito. Portanto, um ser humano jamais deveria ser morto, como ocorre nos países com penas de morte (vejam em meu site artigo a respeito dela -- para um público geral, aqui neste fórum eu posso entrar em questões espirituais; obrigado, coordenador Henrique!). Isso não signifca que não se deve afastar da sociedade um indivíduo que é perigoso para ela -- mas se deveria respeitar seu espírito e reeducá-lo para que passe a dominar seus corpos inferiores, e não o contrário como acontece com um assassino. Notem, assim, como um espiritualismo como a Antroposofia leva a uma moral baseada em conhecimentos, e não em sentimentos. Notem, também, como a Antroposofia parte do espírito, e não da matéria.

aaaaaaaaaaaaaaa, VWS.

PS: Na verdade, a caracterização corpo físico, corpo etérico, alma e espírito não é boa. Seria necessário separar a alma em uma parte mais ligada ao corpo físico e ao corpo etérico, e outra mais ligada ao espírito. Mas como se falou em alma, deixei como está. No meu artigo citado na minha contribuição de 2/5/11 neste tópico eu desenvolvo essas diferenças, levando a mais detalhes.

Os animais tem alma e reencarnam logo após seu desencarne

Henrique, quase não participo das respostas ou com respostas pois sou aprendiz, mas leio bastante o que é publicado por aqui. Esta questão ficou por muito tempo comigo pois sou amante dos anmais. Um dia me apresentaram a ASSEAMA - ASSOCIAÇÃO AMIGA DOS ANIMAIS - não sei se vc já ouviu falar a respeito. É um Centro Espirita voltado para o atendimento de animais somente e foi designada como tutora universal de todos os animais do planeta. Estou fazendo um curso lá que se chama ESPIRITUALIDADE ANIMAL. Está muito interessante o curso e sobre sua pergunta  Eles publicaram um livro psicografado por Sandra Callado, que é o Evangelho dos Animais - Divina leitura tambem.

No curso reforçaram :"Tambem é preciso lembrar que os animais são Espiritos em evolução, cuja diferença para nós é o grau de evolução.Com isso em mente dica mais fácil entender que, tudo que se refere a evolução para nós no futuro, tambem se refere a eles, já que tem o mesmo destino, como Espirito, que nós.E tudo que se refere, no passado,à evolução, tambem refere-se a eles."

Vi algumas colocações sobre minerais, plantas e gostaria então de dividir com voces o processo de evolução no universo que nos foi ensinado no curso. A evolução acontece do atomo ao Arcanjo. O Espirito galga por diversos reinos, iniciando sua caminhada evolutiva no reino mineral, prosseguindo para os virus, posteriormente adentrando o reino monera (bacterias), subindo para a fase de celula, adentrando depois ao reino fungi (fungos) ou reino protista (protozoarios), atingindo a fase de reino vegetal - transferindo-se posteriormente para o reino animal- adentrando posteriormente a fase de humanidade, objetivando o reino angelico.. A medida que o Espirito evolui, recebe corpos fisicos cada vez mais elaborados. Vale ressaltar que quem está em evolução é sempre o Espirito e que o corpo fisico é um instrumento de evolução do Espirito e saber maneja-lo corretamente é essencial para que o Espiritopossa desenvolver os sentimentos e o intelecto.

Bem, minha contribuição para o tema é pequena, mas, dividir o pouco que já aprendi me dá muita alegria, Com certeza muitos não sabiam todas estas informações. Abraços

 

Responder à discussão

RSS

© 2020   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!