Qual sua visão sobre o ABORTO ? Ele é justificável em alguma situação ? Afinal, quando se pode considerar o início da vida ? Na concepção, após alguns meses de gravidez, depois do nascimento ? Qual a visão das religiões, da filosofia e da ciência ? Uma vez que muitas mulheres procuram clínicas e quase chegam a óbito, seria melhor legalizar ? Qual a sua opinião em particular ?

Tags: aborto, feto

Exibições: 5648

Responder esta

Respostas a este tópico

O aborto é um crime, não importa o motivo. É um crime contra alguém que não pode se defender. Além disso, impede a reencarnação do Espírito. A vida começa a partir da concepção.

Deus, em sua infinita sabedoria, pode utilizar o nascimento de um novo ser para educar o Espírito encarnado que recebe esse novo ser. Não importa se esse ser que chega é anencéfalo. Deus escreve certo, não importam que as linhas sejam tortas. Isto é questão de confiar em Deus.

Quem leu a coleção de André Luiz, especificamente "Missionários da Luz", recebe a informação da espiritualidade sobre todo o trabalho da Providência Divina na preparação da reencarnação do Espírito. Dependendo do mérito do Espírito reencarnante, há uma equipe espiritual que protege toda a gestação, desde antes da concepção. O Espírito reencarnante, se tiver mérito, pode auxiliar o espermatozóide que irá fecundar o óvulo, conforme o plano reencarnacionista que traçou com a ajuda da espirualidade. No livro, o Espírito reencarnante deverá nascer com um defeito físico para superá-lo e obter o resgate de faltas passadas. Se tiverem oportunidade, leiam esse livro, "Missionários da Luz", que é elucidativo quanto à questão da reencarnação.

Saudações espíritas.

esse é um caso simples. tanto faz ser um feto de uma pessoa - que vai ser inteligente - quer seja um chamado estpro. O fetonao é um feto. Ele já um espirito que volta. Tanto fez ser feto ou nao. Para a Ciencia existe o feto. Tambem para a religiao...Religiaao é qq uma. Catolica protestante, budista e por ai vai. Mas feto é logico que ele é um feto por seu inicio de vida. Mas para se ter um iniciotem que haver um espirito. É esse espirito que era entao desencarnado,que está a fonte. Tanto faz ser feto ou nao...Ele é um espirito...Eu quero dizer que eu sou o que eu era antes de me encarnar no corpo que eu tenho hoje. Se eu tenho um corpo é porque eu queria vir com este corpo.Veja bem. Meu pai - eu digo PAI me gerou. Eu estava dentro dele. Nos testiculos do meu pai. Veja bem se entende. Entao meu pai, tudo o que ele pensava eu sabia porque eu estava com ele. Entao meu pai espeliu o GEN para a minha mãe. Esse GENja estava todo completo. Aquilo que parecia um SAPINHO assim era o gen que meu pai injetou na minha MÃE. Veja se entende. EU foi até o óvulo da minha MAE...Bem,,Em pati da porta e ...o que se deu? - abriu. E depois eu mesmo FECHEI a porta do ovulo..Veja o meu entender. Quando eu fui ara o óvulo de minha mãe era para me desenvolver. Ganhar forma..Esse negocio todo. Bem..EU já existia como ESPIRITO desde a época que eu estava no meu PAI....E se eu tinha a capacidade de entender o tudo era pq o meu pai dizia isso. E eu escutava. Como espermatozoide. E se eu nasci, entao os outros espermatozoides MORRERAM. Foram para o INFERNO ou seja, foram para o chao, pois minha mae se limpou apos o ato. Entendeu ou nao? Esse é  o principio de MIM com estou hoje. Mas eu ja existia omo espirito.

Penso que errar è humano,pois não somos perfeitos,mas temos muitos metodos para evitar uma gravides.

Sou contra esta vida tem o direito de vir ao mundo e comprir com sua missão mesmo que seja por pouco tempo..

O aborto jamais é justificável em hipotese alguma. Desde a concepção dos gametas já existe vida,pois a reencarnação não se dá assim sem nenhum aparato, há sempre um pleidade de espirito auxiliando, pois se o filho que deve vir não for concebido com amor poderá vir de diversas formas até mesmo através do estrupo, seja pela nossa ficha anterior ou até mesmo por essa vida. A lei divina é para todos e ninguém escapa , todos temos que nos evoluir, e se não for pelo amor então será pela dor...

Sabe, acredito piamente que a vida é uma dádiva divina. quem sou eu, semente desta dádiva divina. Então me pergunto que direito tenho eu de ser a favor do aborto,seja lá qual for o motivo. Perdoem-me mas é assim que faço a leitura deste tema. Muita paz e muita luz.

Sobre o Aborto, uma transcendental informação informação dos Espíritos superiores (questão 344 do Livro dos Espíritos):"-A união começa na concepção, mas só se completa no instante do nascimento. No momento da concepção, o Espírito designado para habitar determinado corpo se liga a ele por um laço fluídico e vai aumentando essa ligação cada vez mais, até o instante do nascimento da criança".Durante a gestação o feto não tem, propriamente falando, uma alma, não obstante encontrar-se ligado à alma que virá a possuir. 

O Aborto nada mais é que um assassinato. Pois a verdade é que é um ser vivo que está dentro da barriga...importante deixar isto claro. Deixando os discursos moralistas, devemos no entanto nos apegar a uma lei bem simples que o espiritismo nos mostra: Nenhum homem tem o direito de decidir sobre a vida de outro homem, isso compete somente à Deus. Partindo deste princípio básico, entendemos que o aborto é um erro, pela ótica Cristã, seja ela espírita ou de qualquer outra doutrina. Reflitamos sobre os pesados débitos que uma mãe acumula espiritualmente, quando, por ignorância ou inconsequência pratica este ato terrível....aproveitamos para dessa maneira, mentalizar positivamente para todas as jovens mães deste mundo, para que haja lucidez em suas decisões, afim de que, esta prática seja banida de nossa sociedade.

Obrigada à todos!

O Livro dos Espíritos, Allan Kardec, questão 880:

"Qual o primeiro de todos os direitos naturais do homem?

"O de viver. Por isso ninguém tem o direito de atentar contra a vida de seu semelhante, nem de fazer o que quer que possa comprometer a sua existência corporal".

Eis o resumo da proteção à vida, desde a concepção.

Simplesmente, DEUS e a REENCARNAÇÃO podem elucidar o assunto. Vamos lá: Entre outros caracteres da divindade está a perfeição. Então, tudo o q ocorre em todo esse universo infindo, inclina-se à batuta do Criador. Entre nós, pelejamos p/ utilizar as ferramentas de administração, que dirá Deus. Apelemos apenas p/ 2 destas ferramentas: planejamento e controle. Tudo o que ocorre no universo submete-se a um planejamento criterioso de Deus. O controle, ñ é só qnto ao movimento dos astros no espaço, matematicamente exatos, mas também qnto às coisas q acontecem. Assim, 1 gravidez ñ ocorre por mero acaso. Mas por que Deus permite até via estupro? Se Ele o permite, sabe o q faz, aceitar os desígnios Dele sem murmurar denota fé e humildade. Procurando explicação olhando somente nos fatos do agora ñ obteremos entendimento. A mulher q engravida via estupro, traz, indubitavelmente, débitos de vidas passadas. Ela pode ter sido estuprador em vidas anteriores. E isso implica necessariamente reencarnar p/ ser estuprada? Não. A “Pena de Talião”, o famoso “olho por olho dente por dente” (de Moisés), foi revogada por Jesus já há 2000 anos. Uma pessoa q assassinou c/ 1 faca ou estuprou, não necessariamente, reencarnará p/ morrer sob facada ou engravidar via estupro. Pode-se resgatar segundo os princípios do livre-arbítrio. Às vezes, o espírito escolhe, ao invés, reencarnar e administrar uma “creche espírita”, uma APAE, q lhe permitirá apagar as faltas passadas. E Deus é muito pródigo em s/ bondade: 1 colher de amor valerá por 1 caminhão de dor. Cuidado então, quem pensa q lidera uma instituição qualquer, espírita ou não, e que se acha “o escolhido” e q a espiritualidade está sob seu comando: pode apenas estar resgatando 1 dívida. Mas... Existem aqueles q preferem o “olho por olho dente por dente”, sim. Segundo as entidades venerandas narram, e alguns infratores; qndo na espiritualidade, estes últimos, sentem 1 arrependimento tão grande, 1 remorso tão forte, 1 cobrança interior tão impressionante que, dizem ñ ser possível reencarnar p/ praticar 1 grande obra caritativa p/ equilibrar os débitos; antes, dizem q só sentirão alívio consciencial “se, e somente se, passarem pelos mesmos apuros pelos quais fizeram s/ vítimas passarem”. Enfim, são as escolhas, o livre-arbítrio, o Planejamento e a Perfeição de Deus atuando em conjunto. Se a mulher preferir abortar estará perdendo 1 oportunidade e tanto, errará pela segunda vez, e qndo do retorno à pátria espiritual, os remorso, arrependimento, cobrança, serão mais intensos. E ainda tem 1 outra questão. Imaginemos esta situação. Estamos discutindo c/ 1 Entidade Veneranda, no plano espiritual... E Ela nos indaga “Então v já é calmo, é compreensivo, aprendeu a perdoar, a amar incondicionalmente, a não odiar nem reter mágoas?” Bastará responder: “Sim. Já aprendi tudo na bíblia (ou outro livro qualquer), já sei tudo de trás prá frente e de frente prá trás: sou 1 perito nesses assuntos?”... Ao q, o anjo dirá, “Ora então v se importa de ser submetido a 1 teste?”.

         Taí, 1 explicação p/ a n/ provas terrestres. Poderá ocorrer então, entre outras coisas, 1 gravidez via estupro. E não é 1 teste? Seremos capazes de amar o ser q está por vir? De PERDOAR o estuprador? De compreender e de, mansamente, aceitar? É bem + fácil falar do q fazer, ñ é? Pois, aqui mesmo (na nossa sociedade), ñ temos q fazer 1 teste (concurso) p/ trabalhar? Bastará dizer p/ o futuro chefe “Sou inteligente, capaz, organizado, honesto, e acima de tudo, domino e sou competente nas qualificações q exigem meu futuro cargo?” Ora,  receberemos, muito provavelmente, 1 risada na n/ cara. Então, por que seríamos admitidos nas hostes superiores simplesmente porque afirmamos q merecemos?  

Por todos esses motivos listados, o aborto é inadmissível. Será admitido apenas, conforme elucidado no “Livro dos Espíritos”, qndo estiver em risco a vida da mãe, por motivo de complicações no parto. “Preserve-se, antes, a vida q está em curso”. ABRAÇOS FRATERNAIS. LEAODRHO.

 

Sou contra o aborto, independente do que o motive.

sou totalmente contra. custo a crer que algo tão hediondo possa ser cogitado como uma possibilidade!

Acredito que existe vida na nidação. Acredito que, não é porque nossos sentidos não percebem ou a tecnologia ainda não alcançou, que um ser não existe naquela celulazinha (se é que posso chamar assim). Sim, acredito que a violência contra a mulher é algo muito grave, mas a criança em hipótese nenhuma é responsável por isso. Se existe indignação, raiva, isso não deveria ser direcionado para a criança.  

Responder à discussão

RSS

© 2019   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!