" O Espiritismo e um meio de regenerar Humanidade" - Leon Denis

Amigo(amiga)s!

Trago uma reflexão sobre a regeneração da Humanidade, e gostaria muito de saber a opinião de todos que se interessam por questões filosóficas sobre nossa evolução.

Leia o texto abaixo e deixe seu comentário.


Com magna acuidade o notável Leon Denis proferiu: “O Espiritismo é, ninguém se engane, um dos maiores acontecimentos da história do mundo. Assim hoje, em face das doutrinas religiosas enfraquecidas, petrificadas pelo interesse material, impotentes para esclarecer o Espírito humano, ergueu-se uma filosofia racional, trazendo em si o germe de uma transformação social, um meio de regenerar a Humanidade, de libertá-la dos elementos de decomposição que a esterilizam e enodoam”.

LEON DENIS
LIVRO: DEPOIS DA MORTE

PAZ E LUZ

NYL

Exibições: 409

Responder esta

Respostas a este tópico

boa tarde eu na minha opinião eu acredito no espiritismo sim !!

Como espírita não posso discordar da tua forma de pensar. Temos o Livre Arbítrio. No entanto é somente Deus quem separa o joio do trigo , fazendo as transformações ocorrerem naturalmente. Existem religiões extremamente materialistas mas que colherão suas consequências através do julgamento do criador. Quanto a nós humanos, como seres em evolução, precisamos nos ater no próprio crescimento e ele só acontece regado pela compreensão e pelo amor. Que importa o mundo belo se nosso espírito está em crise ? No espiritismo podemos crescer e transformar a intolerância num ato de bondade.

Jane Language disse:

Eu não acredito no Espiritismo, eu tenho certeza absolutada de todo o conhecimento que a doutrina vem trazendo. Mas penso que a doutrina não é nem pior nem melhor do que as outras crenças. Todo grupo no decorrer do tempo passa a ter uma porcentagem de petrificação, de interesse material, terá limitações no esclarecimento de todos os temas. Por isso Deus permite tantas religiões no mundo. Juntas na essência elas explicam tudo, separadas cada uma está encerrada em suas interpretações e formas de ver o mundo.

Eu amo a doutrina, me engrandece! Acho que sou "espirita" desde que me entendobpor gente, rs. Quando ia às aulas de catequese e ouvia da professora que Jesus havia ressuscitado em carne e osso, e que conosco haveria o mesmo, sentia um conflito interno muito grande. Eu tinha e tenho ainda muitas perguntas, e somente com a luz do espiritismo, hoje encontro as respostas... Meu coração se enche de amor ao entender o quão bom e justo é nosso Deus!! Justiça essa que somente com o auxílio da doutrina pude perceber. Grande abraço de luz a todos!!!!!!

Concordo ...um meio de regenerar a Humanidade,e tb um consolador..

Muita confusão mental nasce da idéia de considerar o Espiritismo uma religião e não como ciência, doutrina e filosofia, como disse Kardec. Só há um Deusd e, por conseguinte, somente uma Verdade. Mas, devemos considerar que é salutar existirem no mundo várias vertentes da Verdade, pois difere a psicologia dos seres humanos nas diversas latitudes conforme as raças, culturas e necessidades.

Devido a isso, no Brasil, por exemplo, o Espiritismo tomou a forma de uma religião, mas o seu objetivo primordial é, estudando as leis da física e da metafísica, tornar claras as palavras de Jesus que, com o tempo e seguindo interesses políticos e humanos, foram desfiguradas em muitos aspectos.

Dirige-se o Espiritismo, como recurso para enfrentar a onda materialista deste final de Ciclo, mais para o Ocidente do que para o Oriente, onde já existe a tradição de uma cultura religiosa fortemente estabelecida sobre bases esotéricas. Léon Denis, provavelmente, terá pensado na propagação universal da doutrina, que, de fato, bem compreendida, pode regenerar uma grande parcela da humanidade, mas não, evidentemente, toda, pois não temos a fé que queremos, mas sim a que podemos.  

Digo em especial aos que não lhe crêem que Espiritismo não é matéria de CRENÇA, mas de estudo, de análise, de reflexão e de investigação calcada sobre métodos científicos, que sustentam a sua base filosófica e doutrinária. Não pede para 'fechar os olhos', mas para 'abri-los', abolindo a crença cega.  E pede para fazer isso o tempo todo, sugerindo colocar-se em prática somente o que a consciência permitir.  

Como teosofista, sou estudante de religiões comparadas, tendo lido Kardec, podendo desta forma dizer que, defendendo o primado da lógica e do raciocínio como sustentáculo da fé, a Doutrina Espírita não é estratifica, é dinâmica em essência, tendo por objetivo avançar sempre no rumo de horizontes cada vez mais claros e elevados. 

Serão dos homens os erros por acaso observáveis. 

    



Jane Language disse:

Eu não acredito no Espiritismo, eu tenho certeza absolutada de todo o conhecimento que a doutrina vem trazendo. Mas penso que a doutrina não é nem pior nem melhor do que as outras crenças. Todo grupo no decorrer do tempo passa a ter uma porcentagem de petrificação, de interesse material, terá limitações no esclarecimento de todos os temas. Por isso Deus permite tantas religiões no mundo. Juntas na essência elas explicam tudo, separadas cada uma está encerrada em suas interpretações e formas de ver o mundo.


Jane, boa tarde! É interessante quando pessoas dar sua certeza absoluta de uma doutrina que absolutamente vem enquadrar essas pessoas para uma mudança interior através de estudo e conhecimento. Saber quem é você, de onde veio, para onde vai e mais importante o que faz aqui na Terra. Se você observar, as pessoas andam igual a um zumbi pelas ruas, sem noção de nada, sendo levada pelo seu ego, sem conhecimento do seu eu interior, que é Deus. Mudar seus hábitos, suas manias, seus querer, é complicado. Felizmente tem o Espiritismo que renova, regenera e faz crescer as pessoas em Cristo, para o Cristo. Se você já leu, agora procure estudar com carinho e sem interesse de comparações. Espiritismo é luz. Seja feliz onde preferir, estarei torcendo por você.
aristarco silveira guedes disse:



Jane Language disse:

Eu não acredito no Espiritismo, eu tenho certeza absolutada de todo o conhecimento que a doutrina vem trazendo. Mas penso que a doutrina não é nem pior nem melhor do que as outras crenças. Todo grupo no decorrer do tempo passa a ter uma porcentagem de petrificação, de interesse material, terá limitações no esclarecimento de todos os temas. Por isso Deus permite tantas religiões no mundo. Juntas na essência elas explicam tudo, separadas cada uma está encerrada em suas interpretações e formas de ver o mundo.

Não considero o espiritismo como uma religião... Acho que as próprias pessoas o complicam, dado a real, que seria apenas seguir os passos de Jesus, seus ensinamentos... Não tem obrigações, julgamentos, temos o livre arbítrio para tudo. O único que pode nos julgar, não o faz... Nos dando sempre mais uma chance de aprender. Acho que é isso, o espiritismo faz o papel que Jesus fez e faria novamente por todos nós. Simples assim! Um grande beijo.


Olá, Fabiana!

Concordo com você.

Por ser uma iniciação de massa, o Espiritismo não pode ser muito complexo, pois se dirige tanto ao douto como às mentes mais simples. Não é objeto de crença cega, de correr atrás de rituais inócuos, mas, antes, de estudo, tendo a vantagem de explicar, em espírito de verdade, o real sentido de muitos ensinamentos de Jesus. 

Para quem já tem 'olhos de ver e ouvidos de ouvir', não há nenhum mistério. Existe, de fato, o convite para se aperfeiçoar moralmente consoante uma nova visão de espiritualidade. E, como tal, é o princípio de uma senda de luz que, de degrau em degrau, estende-se ao infinito. 

A foto é importante parte da comunicação. 

Abraço fraterno.

Fabiana Demétrio disse:

Não considero o espiritismo como uma religião... Acho que as próprias pessoas o complicam, dado a real, que seria apenas seguir os passos de Jesus, seus ensinamentos... Não tem obrigações, julgamentos, temos o livre arbítrio para tudo. O único que pode nos julgar, não o faz... Nos dando sempre mais uma chance de aprender. Acho que é isso, o espiritismo faz o papel que Jesus fez e faria novamente por todos nós. Simples assim! Um grande beijo.


Oi Nizomar...

Perfeito!

Quem tem "olhos de ver e ouvidos de ouvir", sentirá tudo com a maior naturalidade, pois o que é mistério, passa a ser entendido racionalmente!

PAZ E LUZ.

Nyl

Nizomar Sampaio Barros disse:


Olá, Fabiana!

Concordo com você.

Por ser uma iniciação de massa, o Espiritismo não pode ser muito complexo, pois se dirige tanto ao douto como às mentes mais simples. Não é objeto de crença cega, de correr atrás de rituais inócuos, mas, antes, de estudo, tendo a vantagem de explicar, em espírito de verdade, o real sentido de muitos ensinamentos de Jesus. 

Para quem já tem 'olhos de ver e ouvidos de ouvir', não há nenhum mistério. Existe, de fato, o convite para se aperfeiçoar moralmente consoante uma nova visão de espiritualidade. E, como tal, é o princípio de uma senda de luz que, de degrau em degrau, estende-se ao infinito. 

A foto é importante parte da comunicação. 

Abraço fraterno.

Fabiana Demétrio disse:

Não considero o espiritismo como uma religião... Acho que as próprias pessoas o complicam, dado a real, que seria apenas seguir os passos de Jesus, seus ensinamentos... Não tem obrigações, julgamentos, temos o livre arbítrio para tudo. O único que pode nos julgar, não o faz... Nos dando sempre mais uma chance de aprender. Acho que é isso, o espiritismo faz o papel que Jesus fez e faria novamente por todos nós. Simples assim! Um grande beijo.

Ima Boa Noite, concordo totalmente , só nele encontramos as respostas que tanto nos deixa curiosos...


Justo, Bethania! O Espiritismo faz uma grande luz no meio das espessas trevas que engolfam a humanidade. Mas, a despeito disso, há outras doutrinas que se destacam também no mesmo mister. A diferença é que o Espiritismo foi estruturado por Kardec como uma 'iniciação de massa', visando atingir o maior número possível de pessoas.

Parabéns por se sentir tocada pela alma espírita desde pequenina. Significa que se preparou muito bem para isso antes de encarnar. Eu também sempre fui reticencioso sobre os dogmas católicos que ouvia e não aprovava muito as aleluias evangélicas. Meu maior problema era entender a virgindade de Maria, mãe de Jesus. Só com tempo, quando alarguei o horizonte espiritual, pude compreeender o sentido simbólico do mito, que é esotérico. Cosmogênico, muito diferente do que podem pensar algumas almas simples.

Eu louvo as suas dúvidas. São naturais. Significa que há um campo à sua frente a ser explorado. Emmanuel nos diz, com toda sua autoridade de discípulo avançado na Senda, que a única certeza, no plano em que encontra, confinado entre a angelitude e a animalidade, é a imortalidade da Alma. Tudo o mais ainda é luta e conquista. 

Nossa meta, no Espiritismo, é ir além do astral superior, ascender ao plano mental e superar o quaternário inferior. Se V. entende que Deus não pode errar, então já deu um passo gigantesco nessa direção. Dizem que o Espiritismo trouxe luz para trezentos anos. Depois, é necessário aprofundar algumas questões que estão embrionários em O Livro dos Espíritos.

À sua disposição para conversarmos.

Um abraço fraterno. Paz e luz para V. 

 

 

Bethania Amaral Emmerich disse:

Eu amo a doutrina, me engrandece! Acho que sou "espirita" desde que me entendobpor gente, rs. Quando ia às aulas de catequese e ouvia da professora que Jesus havia ressuscitado em carne e osso, e que conosco haveria o mesmo, sentia um conflito interno muito grande. Eu tinha e tenho ainda muitas perguntas, e somente com a luz do espiritismo, hoje encontro as respostas... Meu coração se enche de amor ao entender o quão bom e justo é nosso Deus!! Justiça essa que somente com o auxílio da doutrina pude perceber. Grande abraço de luz a todos!!!!!!

Responder à discussão

RSS

© 2019   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!