Já vi amigos defenderem que o Espiritismo é Religião e apresentarem argumentos muito convincentes !

 

Mas, também já vi fortíssimos argumentos que defendem a tese contrária !

 

Afinal, o Espiritismo é ou não uma religião ?

 

Será que isso depende do que se entende por religião ?

 

Será que esse debate é realmente importante e nos leva a alguma mudança significativa quanto ao posicionamento do Espiritismo no mundo atual ?

 

Qual sua opinião sobre o assunto ?

Tags: espiritismo, religião

Exibições: 1126

Responder esta

Respostas a este tópico

concordo! Aliás temos q discutir sempre o q está escrito em qqer livro espírita,incluindo os de Kardec pois como ele mesmo disse : se a ciência mudar, o espiritismo deve mudar tbém e não é o q fazemos.Tudo o q se fala, imediatamente tem alguém p/ dizer o q está escrito em tal livro como se isso fosse verdade absoluta.Infelizmente,em nosso meio,é difícil um comportamento diferente já q todos nós fomos acostumados a sermos ''religiosos'',sendo um absurdo quem se declara sem religião! Abraços

Segundo Kardec: religião, filosofia e ciência.

 

Olá Henrique

 

quando alguém me pergunta qual sua religião?

respondo sem pestamejar sou espirita kardecista

porque? bem primeiramente pra mim religião tem tudo haver com fé, isso quer dizer no que acredito, digo espirita pois acretido na doutrina, isto é na teoria aplicada de kardec, o kardecismo não é aceito por muitos pois não cabe em si ritos de passagem, misticismos, simbologias, rituais em geral que exitem em todas as outras religiões, por isso o kardecismo é impar em diversos pontos e muitas vezes não aceito como religião, são paradigmnas diferentes porém a fé sendo sua base , sim considero sim a minha religião

paz profunda a todos ;)

Texto bonito... E bastante religioso... Desculpe: pleno de religiosidade...

Estimado JOAO

 

Muito LINDO isso que voce escreveu.

 

Entendo que se o Kardecismo FOR religião (é a Minha !)

Não apresenta muitos dos atributos tão bem descritos acima

p ex: "A religião promete para depois da morte." 

 

Aparentemente sua fundamentação se faz com base na Religião Católica (já fui Católico) 


Será que todas N Religiões tem estas características todas?

 

Haverá algum Budista nos lendo e possa se manifestar?

 

Algum Antroposofó que faça uma ponte entre Antroposofia e  Cristianismo ?

 

Algum Judeu que possa esclarecer se alguma das linhas Judaicas se fundamenta

em reencarnação?

 

João devo entender que Vc não segue nenhuma Religião

 

Sempre tive comigo que discutir Religiões é "complicado"

 

abraços³

 

 

desculpem a distração

minha resposta acima é para Pablo

Ola desculpem a distração

 

Minha resposta acima é ao posicionamento do Pablo

 

pedrinho

Uau,

Kirino mas que maravilha de colocação de palavras, excepcional.

Faço as suas palavras as minhas, nao tenho o que acrescentar...

Maravilhoso,  pena que esse tempo parece que ainda vai demorar um pouquinho...

bjs...

Se não é religião, é "denorex".  Pois tem jeito de religião, cara de religião, comportamento de religião.  Ou vocês achariam isto em alguma Ciência:  "Kardec, sempre inspirado pelo Espírito de Verdade (sic), na sua vasta obra, jamais considerou o espiritismo como uma religião.E dizemos mesmo que existiu uma simbiose psíquica perfeita com o Espírito de Verdade (sic), como poderemos ver nas suas "Obras Póstumas", na mensagem dos Espíritos de Setembro de 1863, onde poderemos ler: "... teu cérebro apreende as nossas inspirações com a facilidade..."?

A filosofia é uma verdadeira terra de ninguém.  Alguns chegam a dizer que tudo o que a mente humana gera é filosofia.  Porém ciência e religião têm merecido uma discussão mais racional dos pesquisadores em geral, e suas definições e abrangências podem ser abordadas com uma certa objetividade.  Afirmações irrefutáveis são típicas da religião e abominadas pela ciência.  A identidade dos espíritos que transmitiram a "Codificação", a direção do processo pelo Espírito de Verdade (insinuado em algumas mensagens como o próprio Cristo), a divinização mesma de todo o processo (obra da providência divina), tudo isso são afirmações (que se tornaram pontos de fé) não comprováveis e não refutáveis.  E fica completo o retrato de religião do espiritismo quando os adeptos dessa definição preferem o argumento de que "kardec falou", do que qualquer argumento pescado nas inúmeras discussões filosóficas a respeito, que nem precisam ser retiradas diretamente de Poppe, Adorno, ou que diabo o seja, mas, simplesmente, dos mestrandos e doutorandos que  os utilizam em suas teses.

Enfim, não quero dizer que seja religião ou ciência.  Mas, é evidente que pode ser uma ou outra.  Pode ser encarado como ciência se dermos uma boa elasticidade no conceito de ciência.  E pode  - sim, pode muito bem -, ser encarado como religião pelas suas próprias características (É isto que os antropólogos, sociológos, e todos os logos que o analisam em suas teses enxergam; só os que estufam o peito para declará-lo "uma ciência" não vêem!).  Kardec pode muito bem ter pensado em criar uma ciência;  mas, sinto muito, criou uma religião.  Basta uma análise um pouco científica e menos religiosa da questão, para se concluir isto.  Agora, se os "centistas espiritas" querem a infalibilidade de Kardec, nada pode ser feito...  Flammariom abandonou o espiritismo alegando que Kardec o transformara em religião.  Aksakoff criticou Kardec por ter transformado o espiritismo em religião.  Os pesquisadores atuais concluem em suas teses e comentam em seus cafés que ele é religião.  Só os espíritas continuam religiosamente exigindo que ele seja uma ciência; apenas por fidelidade religiosa ao mestre.  Relaxem e religioseiem... que ninguém irá para o inferno (digo, para o umbral) por isso.

Acredito que o Espiritismo seja uma religião, diferente, mas uma religião.Não podemos classficicá-la como uma ordem iniciática, templária, nem como seita, e muito menos simplesmente filosófica. Além do aspecto filosófico e doutrinário,  temos práticas  que são quase ritualísticas, além disso, procuramos nos religar a Deus através de nossa vivência diária, preces, meditações e autoaperfeiçoamento. Creio que esta discussão esteja superada. Cada grupo deve escolher seu caminho, seja ele a FEB, a CEPA, ou se preferirem, autônomos. 

Grande Glaucio ! Bom te ver por aqui participando !!! Abraço, Henrique

Responder à discussão

RSS

© 2020   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!