Já vi amigos defenderem que o Espiritismo é Religião e apresentarem argumentos muito convincentes !

 

Mas, também já vi fortíssimos argumentos que defendem a tese contrária !

 

Afinal, o Espiritismo é ou não uma religião ?

 

Será que isso depende do que se entende por religião ?

 

Será que esse debate é realmente importante e nos leva a alguma mudança significativa quanto ao posicionamento do Espiritismo no mundo atual ?

 

Qual sua opinião sobre o assunto ?

Tags: espiritismo, religião

Exibições: 1118

Responder esta

Respostas a este tópico

Esclarecendo:

"A etimologia do vocábulo 'religião', no significado corrente, é incerta.  Alguns, reportando-se a CICERO, derivam-no de 'relegere' ('considerar, tratar com diligência');  outros, reportando-se a LACTÂNCIO, derivam-no de 'religare' ('ligar, vincular').  Santo Agostinho segue a acepção lactântica sem, contudo, negar a ciceroniana. Seja qual for a derivação, 'religião' significa, sempre, união, vinculação, reunião de uma coisa com outra, isto é, no fenômeno religioso confluem diversos indivíduos para o cumprimento de ritos OU de cada pessoa com uma entidade superior que a religa, que a converte em alguma coisa dependente e subordinada e que, ao mesmo tempo, a sustenta.  Ambos os sentidos da religião não são incompatíveis;  a religião ou vinculação dos indivíduos entre si para render tributo de veneração a Deus não exclui a existência de uma religação direta de cada um com o objeto ao qual se sente vinculado."

VITA, Luís Washington; INTRODUÇÃO À FILOSOFIA; Edições Melhoramentos.

o q importa no meio espírita e pouco se faz: experimentos a fim de se provar a vida pós a morte.Em tantas e tantas reuniões espíritas pelo Brasil,seria fácil a pesquisa ,utilizando essa potencialidade mediúnica como tbém toda a pesquisa possível em TCI.Excelente é provar por meios científicos(mesmo) ,a vida pós morte e não temos isso no meio espírita.Qtas pessoas seriam beneficiadas assim.Como dizia o prof.Rivail,combater o materialismo é uma das coisas mais importantes do Espiritismo.E só se combate com provas científicas,da ciência oficial.

Perfeito! O Espiritismo nos faz pensar e isso é fundamental. Kardec, ao codificar a Doutrina dos Espíritos deixou essa ampla abertura a todos os futuros pesquisadores.

Ao afirmarmos que o Espiritismo não é religião (é como percebo essa questão), estamos dizendo que elenão tem a estrutura das demais religiões, porque não é dogmático, ritualístico, etc...etc... Porém, é religião, na medida  e na profundidade de suas consequências ético-morais. Ora, um dos sentidos da palavra religião é "religar", e qual é a Religião e/ou filosofia que melhor realiza a tarefa de nos ligar  a Deus, por trazer-nos os princípios e os fundamentos de todas as perfeitas leis divinas? Somente a Doutrina dos Espíritos verdadeiramente é capaz de nos libertar das superstições, dos misticismos, das crendices, nos dando base para o livre pensar. A Doutrina dos Espíritos nos abre o caminho para a Religião do futuro, que será a  prática da Lei do Amor.

Sua resposta é bastante interessante, Fernando Gasperin!

Eu li o livro A GÊNESE muito interessante, foi publicado e janeiro de 1868, explica a formação do planeta terra entre outras coisas, agora que os cientistas e os geológos descobriram como se formou o planeta.

Ok Eni. O objetivo é aprendermos juntos. Acho muito bom compartilhar idéias. Enriquece muito.

 

Bem, a obra de Kardec está baseada em ciência, devidos estudos que faz e seus os questinonamentos..

filosofia, devido a forma de ver a vida e religião, devido os ensinamentos do evangelho.... 

Não existe doutrina espírita só com uma das partes... Sei que a doutrina é vista como religião, mas se nos questionarmos bem, ela também é uma filosofia do bem viver!!!! No final, o que isso importa? 

Mas, importante é o que fazemos do cremos....

Abraços....

 Não segundo Allan kardec é uma filosofia de vida aonde o cristianismo seria devolvido ao homem comum, tirando das mãos da Igreja o controle da palavra de Deus, é uma norma de conduta moral, com anunciações sobre um mundo até então escondido da grande maioria," o mundo espiritual", que pertence a todos nós e segundo André luiz, nossa morada definitiva com pequenas incursões na carne.

 O termo religare em latim, que quer dizer religar-se ao criador, pode ter sido interpretado errado, em função de as pessoas terem migrado das igrejas para os centros espiritas, mas migraram de local de culto ,não de religião, já que somos todos cristões de culto católico,ou culto evangélico,ou de culto  espiritas, mas mesmo assim seguidores do Cristo. 

 Este que em várias vezes ao ser enquerido pelo Apostolo  Pedro sobre aonde iriam ereger a nova Igreja respondeu placidamente;

 Pedro me ajoelho aqui no meio do campo e já estou na igreja de meu Pai.

 Numa clara alusão que não vinha com o intuito de criar religiões mas um culto ao Senhor de todos nós.Brinco até hoje que está é a igreja de Pedro e não de Cristo.

  Religião é um meio particular de nos conectarmos aos seres de luz, e sendo particular nos aproximamos daqueles que possuem jeitos semelhantes ao nosso, mas não se criam novas religiões, mas novos grupos de culto, mais afins com nosso intelecto e cultura.  DEISE MARA

[e obvio que e religiao, tambem filosofia e ciencia, para alguns a eloquencia para outroa curiosidade para mim a ultima estacao da moralidade espiritual, ou seja minha salvacao.

Atualmente é considerada religião.

Caros irmãos, vou expor meu ponto de vista do porque o Espiritismo é uma religião.

Primeiro vemos na Bíblia Sagrada em Jo 14:16-17 a promessa de um Consolador que será o Espírito da Verdade. Anos depois Kardec codifica o Espiritismo fazendo cumprir a escritura sagrada.

Ainda no contexto da codificação, estamos no Seculo XIX, aonde Europa acabará de conhecer a Revolução Francesa, os Ideais do Positivismo, o Progresso da Ciência e o crescente repúdio a religiosidade. Além das indagações da Filosofia feitas por grandes filósofos como Nietzsche. 

Hippolyte Léon Denizard Rivail um homem culto, frequentador as rodas intelectuais de Paris naquela época, não quis associar seu nome aqueles manuscristos que mais tarde foram chamados de "O Livro dos Espíritos" e por sugestão de um espírito assinou esses manuscritos com o nome de uma encarnação antiga na qual o codificador era conhecido como Allan Kardec.

Por que Hippolyte não quis assinar com seu nome "O Livro dos Espíritos"? Por que recorreu a um pseunonimo para tal?

Ele tinha uma reputação como cientista, não quis ver seu nome associado a algo com o qual a ciência havia total desconhecimento, os espíritos. 

Mais tarde Kardec, define o Espiritismo com "A Ciência que Trata da Natureza, Origem e Destino dos Espíritos".

O fato é que essa ciência, nunca foi absolvida pela Europa, Kardec tentou de todas as maneiras fazer isso. O Livro "Brasil Coração do Mundo e Pátria do Evangelho" psicografia de Chico Xavier, pelo espírito Humberto de Campos, nos mostra que o Brasil foi planejado pelo mundo espiritual para ser a pátria do Evanvelho de Jesus, que o transferiu da Palestina para cá. 

Sua codificação se deu na França pelo contexto acima, contudo na Europa o Espiritismo ficou tão preso ao campo da ciência que ficou restrito a uma centena de Centros Espíritas ao redor do mundo.

Ainda tendo o livro de Humberto de Campos como referência, no Brasil a criação da Casa de Ismael (atualmente ela é a Federação Espírita Brasileira), foi decisiva para a consolidação do Espiritismo no Brasil, país este que foi o primeiro a tratar o Espiritismo como uma religião ao invez de uma ciência. O fato é que o espiritismo só é tratado como religião em um único país, o Brasil e graças a isso que o Espiritismo cresceu.

O Espiritismo que conhecemos hoje, é fruto do trabalho da espiritualidade. Nosso país hoje é referência sobre o Espiritismo. A Federação Espírita Brasileira (FEB) atua como o principal divulgador do Espiritismo ao redor do mundo, aqui ele é uma religião, na Europa uma ciência. Países como Cuba, Jamaica e os Estados Unidos, são lugares aonde pode-se observar o crescimento do Espiritismo como doutrina religiosa e todos mantém diálogo com a FEB, pois precisam do auxílio desta instituição.

Espítitos como Emmanuel, defendem o Espiritismo como religião, como nosso irmão citou, em uma de suas obras "O Consolador", psicografada pelo Chico Xavier, o autor espiritual defende o Espiritismo como religião. 

Porém como Kardec o definiu como ciência, ainda hoje é visto como uma ciência por muitos (e com muita razão). O Fato é que como ciência não convenceu. Como religião está se propagando ao redor do mundo e como o Brasil tem por missão reviver o Evangelho de Jesus e levar a todos os povos, o Espiritismo como religião, fincou suas bases em nosso país e tem se propagado ao redor do mundo, pois ambos (Brasil e Espiritismo) compartilham da mesma missao.

Eu particularmente defendo o Espiritismo como religião, pelos fatos expostos acima.

Que Deus nos abençõe.

alguns dizem que é outros não.....  enfim.....  SABIO O HOMEM QUE SABE QUE DO QUE ELE NÃO CONHEÇE ELE NADA SABE...... questão!!!!  será que já sabemos tudo?

Responder à discussão

RSS

© 2020   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!