Como Vc's conseguem na prática diferenciar os pensamentos alheios dos pensamentos próprios ?

Tags: mediundade, pensamento

Exibições: 606

Responder esta

Respostas a este tópico

Difícil, mas a prática da meditação ajuda a diferenciar.

 Concordo com Emerson e só acrescento que conhecimento próprio faz você ter mais segurança e distinguir o que é seu ou não.

Também  acho dificil e não conheço ou realmente acredito(até agora) numa técnica para conseguir diferenciar.

Abro apenas uma ideia sobre, que provavelmente não é novidade.

O pensamento sendo próprio ou sendo sugestão, que o levara a ação na maioria dos casos e a própria pessoa.

Não importa de onde ele vem, mas no que ele resulta mesmo em matéria de energia mesmo. Se é um pensamento negativo, cabe a pessoa anula-lo, pedir ajuda a espiritualidade do bem para condensa-lo em bem...

As vezes um pensamento mal não vira ação propriamente dita, mas fica ''causando'' na vida da pessoas...gerando dissipação de negatividade. Isso é muito ruim.

Agora..., algumas situações são bem claras no sentido de que o pensamento não é seu. Ele vem do nada, sendo cruzado (como uma flecha que vem na lateral da cabeça) e algumas vezes não combina em nada com a pessoa. Por exemplo, um questionamento ilogico. Outro dia ''recebi'' durante o Evangelho no lar um pensamento que questionava o espiritismo e cristianismo. O pensamento era tão persistente, mas tão ...que tive que pedir uma cupula e proteção para conseguir prosseguir com o evangelho. Eu sabia que não era meu, pois além do pensamento ficar martelando, não fazia parte de um questionamento meu em aspecto algum. Bom, a proteção veio, continuei o Evangelho mas o mesmissimo pesamento foi para a minha querida mãe. Ao levantar ela estava com os questionamentos e imagens do pensamento que eu recebi. Ao explicar para ela a ação ocorrida noite antes(ela já estava dormindo), tudo ficou claro para ela e ela sentiu o questionamento se diluir, como eu eu tivesse tirado o pensamento que fora implantando. :)

Abraços fraternos

Olá Venica,para mim isso tem sido muito complicado,pois estou tentando entender também.Tenho sentimentos estranhos, emoções a flor da pele,pensamentos  absurdos que não condizem comigo.Creio que estou começando a entender quando não são meus próprios  pensamentos.Do nada veem a  minha mente coisas que  eu não entendo  qual o motivo desse  pensamento : Para vc entender como acontece (pelo menos comigo),ex:  estou em casa sentada olhando tv e do nada penso que a casa pode explodir,minha filha que está na rua pode ser raptada,a vizinha que está olhando pela janela pode se atirar.Coisas muito loucas e na hora desses pensamentos já vem uma dor incrível no peito.Esses  pensamentos não saõ meus, então vou "atrás "descobrir o que é,  e  todas a vezes que  fui  saber ,descobri que tinha  desencarnados na minha volta ,todas as vezes esses espíritos estavam sofrendo e queriam ajuda. E  tenho tentado entender mais e mais .

beijos luz para vc 

Olá Nadir,

O mesmo (parecido) ocorre comigo.

Abraços

Oi a todos.

Li as respostas dadas até aqui e me desculpem,mas nenhuma ajudou. Alguns atribuem seus próprios pensamentos mórbidos a espíritos, quando na ciência se trata de pensamentos de transtorno obsessivo compulsivo. Tem remédios apropriados. O pensamento "sabotador" faz parte de uma neurose psicótica.

Querida, não para esse tópico especifico mas para muitos outros....

''Aqui'' oi encontrada uma solução ou entendimento depois de anos e quase vida toda na medicina. Outros continuam com os ''remédios apropriados'' que não são contrários a uma doutrina responsável que trata a ciência como uma evolução do homem, portanto deve ser usada em diversos casos. Em muitos casos apenas alguma ajuda espiritual ou tratamento ajuda tanto a ponto de colocar a medicina em ''xeque''...noutros não há tratamentos espirituais ou formas espiritualistas de lidar com os pensamentos, então cai-se para os remédios que são soluções totalmente plausíveis. Mas a quantidade de pessoas que com lítio, carbamazepina, acido valproico, risperidona e outras não obtém melhora e num desenvolvimento do seu lado espiritual a ''coisa'' vira a mesa... bom... isso ainda não está a vista para as pessoas que querem ajuda, mas não querem se ajudar!

Abraços

Oi Fabio,conheço muitas pessoas  que por causa da mediunidade tem sentimentos parecidos com os meus .Com certeza a Medicina tenta  dar respostas  mas,muitas vezes não consegue  que a solução que ela tem (que saõ os remédios) não curam o Espírito do ser humano  ou ainda causas Espirituais.

luz no seu caminho

Olá Nadir, concordo contigo. Coloquei-me parecido aqui no post ontem de noite, junto a Alexandra Gobatto. É isso ai!

:)

é necessário além do auto conhecimento muita disciplina em relação ao trabalho com as energias!

As vezes um pensamento mal não vira ação propriamente dita, mas fica ''causando'' na vida da pessoas...gerando dissipação de negatividade. Isso é muito ruim.

Agora..., algumas situações são bem claras no sentido de que o pensamento não é seu. Ele vem do nada, sendo cruzado (como uma flecha que vem na lateral da cabeça) e algumas vezes não combina em nada com a pessoa. Por exemplo, um questionamento ilogico.       A mesma coisa acontece comigo .

Bom dia a todos.

Tenho pensamentos do tipo,mas recebo muitas poesias,mensagens do bem, descrições bem colocadas em mensagens que não tem em nada a ver com minha forma de falar e escrever.

Acredito quando acontece estes eventos eu os atribuo a espíritos do bem,mas que infelizmente não sei como intitular um autor das poesias e ensinamentos que os recebo em forma de pensamentos.

Um dia saberei de quem é estas mensagens...kkkkkk abraço

Responder à discussão

RSS

© 2020   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!