EMMANUEL teria reencarnado como SERGIO MORO para corrigir os rumos do BRASIL, conduzindo-o a sua MISSÃO de CORAÇÃO DO MUNDO ?

  Muitos acreditam que, espiritualmente,

o BRASIL tem a MISSÃO de se tornar o

CORAÇÃO DO MUNDO e a PÁTRIA DO EVANGELHO

(segundo livro de Chico Xavier / Humberto de Campos) !

    

Você acha isso possível ?

Baixe GRÁTIS o Livro (clique no link / imagem abaixo) :

"Brasil, Coração do Mundo, Pátria do Evangelho"

Livro_Brasil_Coração_do_Mundo_Pátria_do_Evangelho

Tags: ?, BRASIL, CORAÇÃO, DO, EMMANUEL, MISSÃO, MORO, MUNDO, SERGIO, a, Mais...como, conduzindo-o, corrigir, de, do, os, para, reencarnado, rumos, sua, teria

Exibições: 95882

As respostas para este tópico estão encerradas.

Respostas a este tópico

Concordo contigo, meu irmão, isto sim, tem muita coerência.

Antonio Marques Batista Neto disse:

Se voce me falar que Sergio Moro é um  espirito que ajudou o Brasil em outras épocas passada (por exemplo  junto a Tiradentes) ou esta ligado ao Brasil como missionario eu até acredito que possa ser, mas como Emmanuel é meio dificil...o que eu soube é que ele ja esteve  lutando junto com Tiradente para libertação do País...o que eu acho mais plausivel e ainda continua lutando, o que podemos fazer é orar  para que  ele tenha sempre proteção dos Bons Espiritos para que suas decisões sejam sempre justas

Sou Espirita Cristão Kardekista, não acredito que este homem que julga por antecipação e sem provas, possa ser Emmanuel, só se Emmanuel não fosse um Santo.

Caro Cleyton, Sérgio Moro não julga por antecipação, mas com base nos autos de investigações levadas a efeito pelo Ministério Público e Polícia Federal. Se julgasse por antecipação, sendo suas decisões de primeira instância, já teriam sido cassadas pelas instâncias superiores, STJ ou STF, que, entretanto, têm mantido todas.

Outrossim, Emmanuel não é e nem nunca disse ser um 'santo', mas, como todos nós, um Espírito em evolução, embora, talvez, num grau mais adiantado. E como Espírito ainda tem de percorrer um longo caminho até à libertação final. No Espiritismo não há lugar para panteões deíficos. 


Cleyton Angeli disse:

Sou Espirita Cristão Kardekista, não acredito que este homem que julga por antecipação e sem provas, possa ser Emmanuel, só se Emmanuel não fosse um Santo.

        Mais cedo, comentei as minhas impressões sobre a "tese" (equivocada, data vênia) de se identificar Sérgio Moro como sendo a possível reencarnação de Emmanuel. Longe de estar vedada uma tal experiência ao espírito, certo é que espíritos purificados (que, em regra, escolhem o tipo de desafio que irão enfrentar) não mais estariam interessados em adotar "papéis" terrenos atrelados ao exercício de poderes institucionais.

        Aliás, não me parece que a um espírito desta grandeza se pretenda incumbir esta penosa tarefa de decidir quem vai estar sujeito - e por quanto tempo - às pesadas penas restritivas de liberdade, ainda mais quando a execução de tais sanções certamente se dará em condições desumanas, em vista da realidade carcerária brasileira.

         Bem se sabe que, nos dias atuais, a eficácia de tais penas vem sendo cada vez mais estudada por modernos cientistas do Direito Penal, os quais, via de regra, já não compartilham da visão punitivista que imperava no século passado.

         Se um espírito avançado aqui viesse com a incumbência de adiantar o sistema de justiça, certamente não o faria por meio do arcaico sistema punitivo, já compreendido como desnecessário e ineficaz por qualquer estudante que tenha buscado entender a ciência penal e os seus desdobramentos sociais.

Não se ignora, de qualquer forma, que as finalidades declaradas da pena são, em tese, a de prevenir o delito e de regenerar o delinquente. Ocorre, todavia, que o sistema carcerário tem se mostrado mais uma "escola do crime", uma "sucursal dos infernos", do que propriamente um ambiente de reflexão e de estudos voltados à mudança íntima.

          E é justamente por isso que espíritos mais elevados como Emmanuel escolheriam, na minha visão, missões “agregadoras”, atreladas à orientação social, educação, defesa do meio ambiente, terapias convencionais e alternativas de cura, amparo a doentes mentais, deficientes, pacientes em estágio terminal, conscientização espiritual, e por aí vai. Tudo levando a crer que a atividade judicante, meramente hermenêutica e sujeita às nuances político-ideológicas seriam - em que pese a sua importância e nobreza - , evitadas por tais espíritos.

Por fim, enfatizo que não somos obrigados a concordar neste ponto, mas creio que todos os comentários - desde que respeitem as regras mais comezinhas da boa convivência - devam ser publicados. Afinal, cada um como espírito pensante deve avaliar a pertinência dos argumentos expostos pelos demais para se chegar a uma conclusão sobre a validade da hipótese formulada pelo colega.

Grande abraço a todos.

Sinceramente, isto é coisa de espirola (carola para a igreja) que não tem mais nada o que fazer. Ficam inventado essas coisas, criando situações embaraçosas para a própria doutrina.

Boa Tarde, Henrique. Acredito que poderíamos partir para outro Fórum de Debates. Abraço fraterno para você e a todos amigos. Que sua semana seja iluminada cheia de bençãos.

RSS

© 2021   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!