A Mulher Moderna e a Espiritualidade Luciane Bastos Almeida


A Mulher Moderna e a Espiritualidade
Luciane Bastos Almeida

São grandes os desafios do século XXI. Especialmente para a mulher que, hoje em dia, trabalha fora, cuida da casa, dos filhos, entre uma série de outras tarefas. Mas e a espiritualidade? Como está?

Cada tarefa tem um valor especial porém não podemos deixar a espiritualidade de lado.

Precisamos cuidar da nossa casa mantendo-a aconchegante e limpa. Não podemos abrir mão disso.

Precisamos educar os filhos mesmo passando a maior parte do tempo fora. Quando estamos perto, precisamos conferir os cadernos escolares, o material, saber se está alimentado, programar as próximas refeições, dar uma conferida na higiene pessoal, conversar… Não podemos abrir mão disso.

Precisamos ser uma boa companheira para a pessoa com quem compartilhamos a vida através do matrimônio, precisamos de tempo a sós, precisamos nos ouvir, tomar decisões em conjunto, conversar… Não podemos abrir mão disso.

Precisamos trabalhar fora para complementar a renda familiar, como a grande maioria dos brasileiros. E o mercado de trabalho é competitivo, precisamos nos dedicar, às vezes voltar à estudar, dedicar toda nossa atenção durante aquele período para entregar o melhor e cumprir o que nos propomos. Não podemos abrir mão disso.

Precisamos fazer a gestão das nossas contas, sentar, calcular, elaborar estratégias, fazer pagamentos. Não podemos abrir mão disso.

Precisamos dar atenção aos nossos pais, quando temos o privilégio de tê-los, dar atenção aos amigos, aos parentes, aos afilhados. Não podemos abrir mão disso.

Precisamos ir às compras, pesquisar, avaliar a qualidade dos produtos, controlar prazos de validade, decidir a quantidade certa para evitar desperdício. Não podemos abrir mão disso.

Precisamos saber lidar com os imprevistos, pois apesar de toda organização, eles ainda acontecem. Não temos como fugir disso.

Mas e quando sobrará tempo para olharmos para dentro? Quando sobrará tempo para sentirmos a Espiritualidade e o amor que o Criador nos dedica? Como garantir que tenhamos êxito em todas as tarefas que nos propomos a fazer?

Fazemos um grande esforço para que tudo transcorra bem no campo material. Não falta água, não falta luz, não falta alimento, não falta transporte, não falta habitação. Porém, tudo precisa estar em equilíbrio. E, se somos em parte matéria e, em parte, espírito, precisamos fazer com que tudo transcorra bem no campo da espiritualidade também.

Mas como?! É possível?!

Sim! Nós conseguimos!!

É extremamente importante cultivarmos o hábito de nos ligarmos às esferas superiores da Espiritualidade. Seja através de uma música de padrão moral elevado, seja através de uma leitura edificante, seja através da prece, seja através de 15 minutos de meditação.

É importante buscarmos a casa espírita para receber um passe magnético de vez em quando e, se conseguirmos, para nos aprofundar nos ensinamentos evangélicos.

Essa conexão é importante e se reflete ao nosso redor.

Se estivermos em desequilíbrio espiritual não conseguiremos tratar os outros com amor. Existem mães que às vezes até maltratam os filhos e depois se arrependem. Outras, não conseguem ver qualidades no companheiro e tudo vira motivo para briga. Outras ainda entregam-se ao sentimento de tristeza achando que é explorada por tudo e por todos.

Uma atitude agressiva que um filho recebe será recebida de uma forma que desconhecemos. Não sabemos o impacto psicológico disso. Pode repercutir…

Uma atitude agressiva no trânsito pode causar acidentes. Brigas constantes levam a decisões equivocadas.

Tudo repercute.

Agora, quando há um equilíbrio interno, uma comunhão com Jesus, tudo fica mais fácil. Disse o Mestre: “o meu jugo é leve”.

Então irmãs, voltemos nosso olhar para o lado espiritual que nos convoca ao bem-estar diariamente. Sintamos a energia do Bem e da Luz a conduzir nossos esforços de modo que sejamos pessoas melhores a cada dia.

Não diga “não sei fazer prece”… A linguagem com Deus é telepática. Sente em um lugar calmo, feche os olhos, vá aprofundando a respiração e sinta…

Enfim, sejamos mulheres do século XXI espiritualizadas, tranquilas, confiantes. Certas de que não estamos sozinhas, certas de que tudo que fazemos foram escolhas nossas, para nossa evolução. Escolhas nossas, onde o Criador, soberanamente Justo e Bom, nos dá a oportunidade de atuar, oferecendo um vasto campo de serviço.

Que a paz de Jesus envolva à todos!

Autora: Luciane Bastos Almeida

Exibições: 11

Responder esta

© 2019   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!