“... Prossigo para o alvo...” – PAULO. (Filipenses, 3:14.)

Nas horas de aguaceiro, reflete na colheita que virá.

Nos instantes difíceis, age pensando na soma de alegrias que nascerão do dever cumprido.

Não te detenhas em recordações amargas do pretérito.

A derrota sofrida terá sido preciosa lição para melhor aproveitamento das horas de hoje; a lágrima vertida foi talvez o colírio da verdade, ensinando-te a ver; a provação experimentada
revelou-te o caminho da paciência; as afeições que desertaram se te erguem presentemente na memória por instruções da vida, impulsionando-te do genuíno amor.

Para a frente – é o apelo de mais alto.

O passado é capaz de auxiliar, mas tão-só por recurso de informação. Se duvidas disso, reflete no automóvel de que te serves comumente: o retrovisor colabora apenas para que te
esclareças, quanto às advertências da retaguarda, de vez que necessitas permanecer de atenção concentrada no caminho à frente, como quem se vê inevitavelmente chamado para
o futuro.

Do livro "Ceifa de luz"

Exibições: 16

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

© 2018   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!