A DERROTA DO EXÉRCITO MONGOL, SERIA INTERVENÇÃO DOS ESPÍRITOS ?

  Nas duas ocasiões em que o até então invencível exército mongol, comandado por Kublai Khan (herdeiro de Gengis Khan), tentou invadir o Japão, nos anos de 1274 e 1281foi completamente derrotado por terríveis tempestades.

      No Livro dos Espíritos na questão número 536 os Espíritos informaram que: "Os grande fenômenos da Natureza, esses que consideramos como perturbações dos elementos não são devidos a causas fortuitas. Tudo tem um fim providencial e nada acontece sem a permisão de Deus. Muitas vezes a razão de ser desses fenômenos está relacionada diretamente ao homem". 

      PRIMEIRA INVASÃO.

      A primeira invasão mongol do Japão aconteceu no mês de novembro do ano de 1274. O exército mongol era formado de 23 mil homens e algo em torno de 800 navios. Após esse contingente ter passado alguns dias no mar desembarcou e lutando os soldados estabeleceram uma cabeça de praia na baía de Hakata, no país japonês.  Travaram-se várias batalhas até o dia 19 de novembro quando o exército japonês já se encontrava quase completamente derrotado. Na batalha de Bunei, com os mongóis em ampla vantagem do território e os japoneses quase batento em retirada eis que começa a soprar violentíssimo tufão que viria destruir um terço da frota mongol e quase todo o seu armamento. A debandada foi geral por parte dos invasores;  fato quase impossível de acreditar, face a conhecida ferocidade dos mongóis. Alegria por parte do Japão. O vendaval salvara-os.

     SEGUNDA INVASÃO.

      Em 1281 o exército naval mongol agora composto por mais de 4 mil embarcações e 140 mil soldados, tentou nova invasão do território japonês. As tropas formaram um movimento em pinça que partiu da China e da Coréia e se deslocaram confiantes de que desta vez conquistariam o Japão. Novamente desenrolaram-se batalhas cruentas com a tropa japonesa em número menor de armas e homens quase inapelavelmente batida. No mês de agosto ocorreu então mais uma batalha, talvez aquela que seria a última, exatamente na mesma baía de Nakata de onde os mongóis haviam sido expulsos sete anos antes. 

Acontece então o imprevisto! Novamente violentíssimo tufão, soprando a favor das tropas japonesas, destrói a maioria dos navios da frota mongol, obrigando-os  uma vez a mais bater em retirada, completamente sem condições de continuar a guerra.

        Nunca mais os mongóis tentaram invadir o Japão.

      

Exibições: 924

Comentar

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

Comentário de marlene dos santos e santos em 20 novembro 2015 às 19:31

muito interessante

Comentário de adão de araujo em 21 janeiro 2014 às 17:52

Muito bom Alan Monteiro. Você despertou-me o interesse em estudar um pouco mais sobre os Sumérios. Um grande abraço para você amigão.

Comentário de Alan Momteiro Alan em 20 janeiro 2014 às 21:29

Os sumérios sabiam da existência de seres celestiais,os japoneses eram simplesmente o primórdio da escala da evolução humana,eles seriam o principio de uma raça mais pensante mais racional,pq uma raça menos evoluída,quebrariam uma(experiência divina,)então tudo é intervenção divina ,nada é por acaso,os anjos celestiais, as baleias de jonas tudo tem um proposito ..

Comentário de Alan Momteiro Alan em 20 janeiro 2014 às 21:20

Comentário de adão de araujo em 18 janeiro 2014 às 20:00

Alô amigo Ismael José da Cruz. Grato pela leitura e comentário. Um forte abraço para você.

Comentário de adão de araujo em 18 janeiro 2014 às 19:59

Amiga Erika Ardt Stark: Muitíssimo grato por seu comentário muito correto e pertinente. Abraços fraternais.

Comentário de Ismael José da Cruz em 17 janeiro 2014 às 15:38

Eu que sigo a Religião Messiânica, sei mais ao menos o que é isso....

Comentário de ERIKA HARDT STARK em 17 janeiro 2014 às 13:58

O povo Japonês tem por hábito, agradecer  a todas as coisas e fatos, independente se for algo ruim ou bom!

Usam muito o poder da mente... E quando um grande pensamento coletivo entra em ação , o universo conspira para que  aquilo aconteça! O PODER DO PENSAMENTO, é muito difundido entre o povo Japonês! E um povo muito interessante, não tem o hábito de reclamar, e quando uma catástrofe ocorre, em pouco tempo  reconstroem tudo outra vez! Conhecem  a natureza  como ninguém,  fazem hortas subterrâneas , onde não tem a luz solar, qualquer pedaço de chão , fazem milagres com plantações...Tenho grande admiração pela CULTURA JAPONESA ! Na própria POLÍTICA se alguém é descoberto em fraude, a vergonha o faz  se suicidar, a moral esta em primeiro lugar... Vejo o Japão como uma FÊNIX , RENASCER DAS CINZAS.

Comentário de adão de araujo em 17 janeiro 2014 às 12:30
Oi amigo Ari TAVARES.Gratos por seu comentario. Muita paz.
Comentário de Ari Tavares em 17 janeiro 2014 às 12:16

Muito bom o relato, com certeza Deus estava pesente!

© 2017   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!