Pablo de Salamanca
  • Masculino
  • Rio de Janeiro
  • Brasil
Compartilhar no Facebook
Compartilhar

Amigos de Pablo de Salamanca

  • Danilo Rodrigues
  • RENATO DE CARVALHO

Presentes recebidos

Presente

Pablo de Salamanca ainda não recebeu nenhum presente

Dar um presente

 

Página de Pablo de Salamanca

Últimas atividades

Pablo de Salamanca e RENATO DE CARVALHO agora são amigos
7 Mar, 2013
Pablo de Salamanca curtiu a postagem no blog ENQUANTO O SEU CORPO FÍSICO DORME, VOCÊ, EM ESPÍRITO, ALÇA VÔO. de ana maria teodoro massuci
6 Mar, 2013
Pablo de Salamanca postou um status
"HARMONIA: UMA META UNIVERSAL! - www.harmonianet.org"
21 Fev, 2013
Pablo de Salamanca entrou no grupo de Henrique
Miniatura

Espiritualistas do Rio de Janeiro - RJ !

Grupo para os espiritualistas do Rio de Janeiro (moradores atuais ou antigos)
21 Fev, 2013

Informações do Perfil

Interesse(s) principal(is) nesta Rede Social:
Doutrina Espírita (Allan Kardec), Budismo, Esoterismo, Hinduísmo, Taoísmo
Faixa Etária (idade)
36-45
Relacionamento
Solteiro(a)

HARMONIA: UMA META UNIVERSAL! - www.harmonianet.org

Caixa de Recados (1 comentário)

Você precisa ser um membro de Espirit book para adicionar comentários!

Entrar em Espirit book

Às 22:31 em 7 março 2013, RENATO DE CARVALHO disse...

Blog de Pablo de Salamanca

Luz e Sombra (vídeo)

Postado em 28 agosto 2013 às 13:19 0 Comentários

Mensagem "Luz e sombra", do livro "Reflexões", em vídeo:

 

http://www.youtube.com/watch?v=CWJ7ESZMCUo

Caminhos livres

Postado em 21 maio 2013 às 15:41 0 Comentários

 

Caminhos livres

Pedras na estrada! Esta é uma situação mais comum do que caminhos…

Continuar

O sol da vida

Postado em 25 abril 2013 às 15:12 0 Comentários

 

O mesmo sol que ilumina o mundo, é o que se esconde por trás do muro do horizonte, permitindo um cenário obscuro. O mesmo sol que aquece o pobre que vive no monturo, é o que queima o matuto, que lavra a terra. O mesmo sol que torna o solo verdejante,…

Continuar

As sombras da retaguarda

Postado em 20 abril 2013 às 16:54 0 Comentários



Quando são avaliados os frutos do sucesso alheio, ou os

bons resultados dos próprios esforços, quase sempre são

exaltadas as virtudes. Isto é natural. No entanto, aqui, faço

justiça ao que foi esquecido.

Por isso, saúdo à foice que cortou a erva daninha.

Bendigo o martelo que deu forma à ferradura. Agradeço ao

buraco do caminho, que impediu a queda no precipício.

Valorizo a enxada que rompeu a terra escura. Aprecio a lima

que aparou a aresta. Admiro ao…

Continuar
 
 
 

© 2018   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!