Existem algumas pessoas que encontram dificuldades de entrar nesse processo, por mais eficaz que seja a técnica e o terapeuta...e isso acontece por uma série de motivos:

- geralmente pessoas muito controladoras têm dificuldades de relaxar, de se entregar ao processo e função da desconfiança.

- outras têm medo de regredir e descobrir coisas desagradáveis (assassinato, traição, estupro, incesto, suicídio, entre outros fatos violentos).

- têm também as que são muito racionais, críticas, fechadas e rígidas. Essas, evidentemente, demoram mais a se soltarem. 
- existem também as crenças e conflitos religiosos que podem interferir no processo.
- algumas pessoas têm medo de dormir e não acordar mais, e muitos pensam que a regressão implica em dormir.


Muitas pessoas tem essa resistencia por medo de entrar em contato com a causa de seu problema, com a sua "ferida emocional". É por isso que é muito importante estabelecer uma boa relação de confiança com o terapeuta.

Exibições: 169

Respostas a este tópico

Cristiane, bom dia.

Considerando-se que o processo de esquecimento de vidas passadas é imposto a todos os espíritos (salvo raríssimas exceções!) por ocasião de uma nova encarnação (ou reencarnação), como medida terapêutica na reestruturação do espírito; e considerando-se que, no plano espiritual, esta terapia de regressão de memória para acessar fatos de vidas passadas só é utilizada em casos especialíssimos, baseada em critérios bem definidos pela espiritualidade maior; como fica seu entendimento a respeito disto na abordagem de seus pacientes, que querem, por que querem, fazer TVP?

Um abraço fraterno,

Denizar.

Não me baseio em crenças Denizar...TVP não é religião e não abordamos isso em terapia...é uma técnica terapeutica que auxilia as pessoas que estão com dificuldades de lidar com seus incômodos, emoções, sentimentos...auxilia na libertação dessas limitações, sofrimento e dor.

Independente da crença e religião dos meus pacientes, podemos utilizar a prática para aqueles que assim se permitem, pois o assunto religião, não entra em questão...só trazemos para o consciente os fatos passados que interferem o presente...os quais na verdade ainda são presentes...

O propósito dessa Terapia é apenas resolver as dificuldades do aqui agora, desta vida...

Terapias de vidas passadas não é objeto de estudo do espiritismo e sim da psicologia e de outras ciências metafísicas. Penso também que não há religião maior que o amor e a verdade.


Abraços, Paz e Luz!

Cris

Cristiane, tudo no Universo se baseia em crenças... até a Ciência se baseia em crenças... A Força Gravitacional de Isaac Newton, a Teoria da Relatividade de Albert Einstein, etc., apesar de toda modelagem matemática que pretendia validá-las, só muito (muito!) tempo depois foram comprovadas!

Verdade: Terapia de Vidas Passadas não é objeto de estudo do espiritismo; mas vidas passadas o é; o esquecimento de fatos passados anteriores à reencarnação, o é também... assim, juntando os dias: o esquecimento de vidas passadas faz parte de um contexto (para os esotéricos - de um 'mantra'), que só poderia ser 'quebrado' por critérios específicos, que (acredito!) só a espiritualidade conhece...

De qualquer forma, é só um ponto de vista!

 

Compreendo seu ponto de vista Denizar...todos nós temos fundamentos para pensar da forma que pensamos...respeito e acolho sua opinião...tenho certeza que vc tem seus motivos e conhecimentos para pensar assim.

Através dos meus estudos e experiencia, e através de estudos, pesquisas e experiencias de muitos estudiosos do assunto e terapeutas, reconheço a Terapia de Vidas Passadas como uma ferramenta terapeutica muito eficaz, que se preocupa apenas no bem estar do paciente...tem apenas o objetivo de tratar as emoções, traumas, fobias...algo que esteja presente nesta vida...é somente esse o foco da TVP...cura e bem estar do paciente.

Acredito que se o resultado da ferramenta é libertador e pode curar muitas feridas, porque se apegar a conceitos?

São por esses motivos que a TVP não se baseia em conceitos religiosos....até porque não atendemos somente espiritas...

Ok, Cristiane. Desejo-lhe, então, que sejas bem sucedida nestes procedimentos de TVP, tendo sempre em mente o profundo cuidado que deves ter ao tentar abrir esta verdadeira 'caixa de pandora' que é o nosso subconsciente...

Para falar a verdade, Cristiane, sempre tive uma certa reserva ('pé-atrás') com Psicólogos, Psiquiatras, Terapeutas, por serem pessoas que lidam com mentes humanas, sem levar em conta, justamente, a existência do Espírito imortal, de suas múltiplas vidas (não é o seu caso!), e do processo psico-terapêutico de esquecimento do passado durante o processo reencarnatório (acho que é o seu caso!)...

Até onde se sabe, através de revelações dos Espíritos, o austríaco Sigmund Freud, considerado 'Pai da Psicanálise', tinha como missão, justamente, introduzir a figura do Espírito nas análises da mente humana; como vemos, ele não foi bem sucedido nesta parte!

Talvez a Psicanálise moderna esteja fazendo isto, como é o seu caso, acredito!

Um abraço,

Denizar.

Acho que não devemos ficar presos às coisas passadas. Se este tipo de terapia nos confortará livrando-nos de preconceitos absurdos, medos macabros e disfunções espirituais, devemos sim fazermos uma terapia de vidas passadas e sair desse verdadeiro inferno material e espiritual.

Cristiane, posso te sugerir uma coisa???

Porquê você não dá acessoria de tvp, ou seja, respondendo algumas perguntas, pelo próprio Espirit Book. Claro que será mais brando, pois sei que tem que ser pessoalmente, mas quem sabe, alguns problemas menores ou menos importantes possam ser ajudados por aqui, não acha???? Não sei se é possível, é apenas uma sugestão, tá!!! Abraços.

Oi Denizar,

Entendo perfeitamente o seu receio...

Todos que estudam a TVP, tbém temos muito cuidado com questões espirituais...levamos muito em conta a existência do Epírito Imortal...alias é por isso mesmo que trabalhamos nesse processo...

Antes de estudar tudo isso, tbém tinha um certo receio...mas pude me permitir a conhecer e esclarecer tantas dúvidas e receios...o conhecimento me abriu muitas portas para muitas outras visões e oportunidades...

Penso que não devemos mesmo rever passados...estar no passado...é muito importante e necessário estar sempre no momento presente...é no presente que as coisas acontecem...

...mas e aquele "passado" que insiste viver no presente, será que ele é realmente passado??? Será que esse "passado" o deixa estar presente no aqui agora??? 

São por essas questões e por muitos sofrimentos que presenciei em consultório, que eu sou a favor dessa poderosa ferramenta (ao meu modo de ver...) que é a TVP...não tem alegria maior que ver a felicidade de alguém quando se liberta de tantas feridas que o impediram por tanto tempo de ser quem ele realmente é...de ser realmente feliz...

E penso que assim seja a vida...quanto mais nos conhecemos, quanto mais conhecemos o mundo, o Universo...mais nos sentirmos libertos para realmente VIVER!

Obrigada por compartilhar o seu conhecimento, um grande abraço no seu coração!

Cris

Olá Flavio...gratidão por sua sugestão...!

Tenho conversado com algumas pessoas por aqui já...tenho ajudado algumas pessoas da forma que posso...muitas vezes poucas palavras fazem muita diferença...e sempre que posso, converso sim...procuro responder todas as perguntas que recebo...e isso pra mim tbém tem me trazido grandes aprendizados...

...mas é um pouco diferente de estar numa sessão...

O contato com a pessoa é muito importante...o olhar, os gestos..o corpo fala muito...e o corpo não mente...kkkkk....

Mas vou pensar com carinho a respeito disso...

Luz e Paz a vc...um grande abraço no seu coração,

Cris

Cris (se me permite!) acredito em sua boa intenção, e sinceramente acredito em Você, através de suas palavras, e sentimentos expressos nelas, percebo ser uma pessoa bem sensata, coerente naquilo que acredita, e faz!

Por isso, repito, torço por seu sucesso nesta empreitada tão delicada, que é desvendar os segredos da mente humana...

Destaco, em particular, dois trechos de sua réplica:

1)  Penso que não devemos mesmo rever passados...estar no passado...é muito importante e necessário estar sempre no momento presente...é no presente que as coisas acontecem...

Eu penso exatamente assim, e procuro assim proceder em minha vida... o passado serve apenas como uma referência histórica, e não psíquica!

2) ...mas e aquele "passado" que insiste viver no presente, será que ele é realmente passado??? Será que esse "passado" o deixa estar presente no aqui agora???

"São por essas questões e por muitos sofrimentos que presenciei em consultório, que eu sou a favor dessa poderosa ferramenta (ao meu modo de ver...) que é a TVP...não tem alegria maior que ver a felicidade de alguém quando se liberta de tantas feridas que o impediram por tanto tempo de ser quem ele realmente é...de ser realmente feliz..."

Belas palavras, Cris; e consistentes, e, portanto, convincentes... muito bem colocadas, o que demonstra ser você, uma pessoa preparada para o que acredita, e faz! (como disse no começo). Deve, realmente, saber utilizar a 'ferramenta', para 'cauterizar as feridas' do passado!

Eu mesmo trago traços em minha personalidade, que acredito ser 'herança' do passado, que até hoje não consegui extirpar...

Um grande abraço no coração,

Denizar

Gratidão Denizar!

Torço para que logo consiga se libertar das "heranças do seu passado" que ainda limitam seu caminhar...e que seu caminho seja sempre de muita luz!

Abraços,

Cris

Cristiane,

Gostaria de fazer alguns comentários a respeito de tudo que lí até agora.

1 - Espiritismo não é religião. Religião é candomblé, umbanda, catolicismo, entre outras muitas. E que em todas elas temos conceitos espiritistas.

2 - Cada pessoa tem o livre arbitrio para escolher se quer, conscientemente ou inconscientemente saber sobre vidas passadas. E da mesma maneira o terapeuta tem o livre arbitrio para fazer a terapia, seja ela com um custo financeiro ou sem custos para o paciente.

Não devemos julgar quem quer que seja.

Compartilho disso Fernando!

Abraços, Paz e Luz!

Cris

RSS

© 2019   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!