Olá a todas/os, 

Chamo a atenção para meu último artigo

RESPOSTAS A 16 QUESTÕES CÉTICAS SOBRE RELIGIÃO

que está em

http://www.ime.usp.br/~vwsetzer/religiao-questoes.html

Ele contém respostas a 16 questões que recebi, e que são as seguintes:

 

- Se Deus é todo poderoso (onipotente) por que ele precisa de um dia de descanso? 


- Fala "Não matarás!" mas assassina primogênitos do Egito, como pode? 

- Se o incesto é banido, e Adão e Eva tiveram apenas dois filhos homens, da onde vem toda a humanidade? 

- Por que mesmo criando o universo inteiro do nada ele precisa de uma costela para criar a mulher? 

- Por que culpa Satã pelo mal se o mundo está no controle de Deus? 

- Demanda das pessoas que perdoem e sejam boas mas manda os pecadores para o inferno eterno?

- Conhece tudo do destino e futuro mas diz para as pessoas rezarem de toda maneira?

- Se tudo é parte de um plano porque manda os estupradores/assassinos para o inferno por seguir o plano? 

- Por que apesar de Infinitamente inteligente se sente satisfeito com rituais idiotas? 

- Como se pode criar luz no primeiro dia e a fonte de luz (Sol) só no 4 dia? 

- Por que fica bravo com humanos que fazem algo errado quando eles não tinhamo conceito de certo/errado? 

- Por que não pode ser culpado pelo mal mas recebe os créditos por todo o bem?

- Por que para de fazer milagres justamente quando o homem consegue gravar e documentar eventos? 

- Leva três dias para criar a Terra e 80 bilhões de galáxias em 1 dia só, como pode? 

- Por que manda cortar a pelinha do pênis se o homem é criado à imagem de Deus? 

- Cria múltiplas religiões mas manda pro inferno os que escolheram a religião errada?

Tags: Deus, antroposofia, reencarnação, religião

Exibições: 1259

Responder esta

Respostas a este tópico

Muito interessante!

já me fiz estas perguntas e outras mais.se jesus ja sabia quem o iria trair,como culpar judas se já estava predestinado ao erro?

Concordo que a biblia foi produzida com imagens,parábolas,devido à época ,e só os grandes estudiosos estão chegando pertode decifrar os ínumeros códigos que ela contém. Não devemos levar ao pé da letra o que ali foi escrito,pois existe nela um significado oculto. Sugiro que antes de darem suas respostas leiam o código grifado acima das perguntas,entenderão melhor, cada questão. Nossa época atual está pedindo que questionemos as ¨verdades ¨que nos foram impostas,pois grandes mudanças estão chegando e para melhor, portanto sem críticas ao nosso amigo  Valdemar,devemos sim é fazer como ele :estudar, aprofundarmos nossos conhecimentos,questionar o sistema que nos foi imposto ,onde incutiu inverdades as quais aceitamos sem questionar como robôs. Neste século,a abertura em todas as questões será total,podemos concordar ou discordar,pois temos o livre arbítrio,e sim temos a essência espiritual com certeza. Ótimo debate,adorei participar,abraços,Marilu.

A circuncisão, não foi Deus quem mandou fazer , mas Moisés quando o povo viveu no deserto por quarenta anos. Sendo necessário, fazer a circuncisão para evitar doenças, imagine os homens tendo relações sexuais com suas mulheres, num deserto sem água para o asseio  íntimo, as doenças se proliferariam com muita rapidez.

Olá a todas/os,

Tina, a questão de higiene tem cabimento, como também o mandamento mosaico de lavar as mãos antes de se comer. No entanto, eu tenho uma outra explicação complementar: a circuncisão é um choque para a criança. Isso fazia com que houvesse uma aceleração do processo encarnatório, o que combinava bem com o fato de o povo hebreu ter introduzido a intelectualidade no mundo (por isso o símbolo de Abraão contar estrelas). Essa intelectualidade foi necessária para que a divindade fosse procurada no íntimo de cada pessoa, e não no exterior (por isso o mandamento impedindo de se fazer ídolos).

aaaaaaaaaaa, VWS.

SÓ A FÉ RACIOCINADA, RESPONDE A TODAS ESSAS PERGUNTAS, SÃO CÉTICAS, PORQUE AS RESPOSTAS FORAM CRIADAS PELOS HOMENS, MAS  ESTUDE A DOUTRINA ESPÍRITA E  TERÁ TODAS AS RESPOSTAS, À  LUZ DA RAZÃO! "FÉ VERDADEIRA  É AQUELA QUE ENFRENTA  A RAZÃO  EM TODAS AS ÉPOCAS DA HUMANIDADE".

Tenho mais um questionamento para engrossar essa lista.

Caim matou Abel por isso foi expulso do paraíso, saiu vagando e encontrou uma Mulher e se casou. De onde raios saiu essa mulher, já que no principio havia Adão Eva, e seus três filhos Caim Abel e Set.

A bíblia é um livro sério, que nos serve de muitos exemplos, porem devemos separar o o trigo do joio, como diz na própria, bíblia, escritores sérios a escreveram, poré seguila ao pé da letra não tem como ,Devemos lela e pegar alí muitos exemplos, para nós, mas eu acredito que não é a palavra direta de Deus, e sim da inspiração do Homem , que merece todo respeito merece, Mas Deus existe , e ´´e só beleza amor e luz .

  1. As questões formuladas não podem ser respondidas sucintamente. A fim de que se torne clara à mente comum, cada uma demanda profunda exegese esotérica, à luz de considerável evolução consciencial. Algumas questões podem ser respondidas de imediato, mas outras permanecerão herméticas por algum tempo, até que a luz do estudo e da continua meditação descerre os portais do Conhecimento esotérico.
  2. Quando lermos a Bíblia, devemos levar em consideração que ela tem três interpretações intercorrentes: 1. A histórica ou crônica política, social e religiosa do povo hebreu. 2. A moral, fundamentada na interpretação filosófica dos textos, servindo de base à organização religiosa. 3. A transcendental, a mais difícil, comunicada somente aos Iniciados da Cabala, o núcleo secreto da religião judaica.
  3. Se eu tivesse que descrever de forma sucinta e ordenadamente a formação do planeta, não encontraria decerto melhor exposição do que a contida na Gênese mosaica, com os períodos geológicos traduzidos como 'dias', em virtude de serem os vocábulos correspondentes o mesmo em hebraico antigo.
  4. Deus não 'descansou' no sétimo 'dia', como foi exposto. Continua ativo, pois não pode estagnar. O universo, como expressão de Sua onipotente vontade é dinâmico, e não admite ociosidade. O sétimo 'dia', em qualquer manifestação divina neste universo de paradigma setenal, representa o ciclo final de aperfeiçoamento da obra. Portanto, O que chamamos de Deus está agora aperfeiçoando, pois nada começa perfeito. Esta é uma lei da Natureza.  Perfeição é uma meta.
  5. Adão, do sânscrito Adi, querendo dizer 'o primeiro', representa o princípio original, masculino-feminino, positivo-negativo, que após longo período de incubação desdobra-se, por partenogênese, em dois, tendo em He-Vau (Eva), o receptáculo feminino, passivo, de polaridade negativa, tornando-se capaz de exercitar a reprodução sexuada.
  6. Este processo consumiu longo tempo, todo um éon de inúmeras experimentações. Os três filhos de Adão e Eva (Iod + He-Vau), citados na Bíblia como protótipos masculinos, são, na verdade, designações genéricas para as gerações de aperfeiçoamento que se sucederam na separação dos sexos.  
  7. Dentro deste conceito esotérico-cabalístico, respondendo aos acordes do Logos para a materialização dos arquétipos da sexualidade humana, Abel e Caim não foram simples indivíduos, mas rebentos da interação energética entre os polos positivo e negativo da Criação, com Abel detendo por largo tempo as características genéticas hermafroditas, desaparecendo com a completa consecução da materialidade do corpo físico de Caim.
  8. Depois de relativo longo período de tempo, Abel deixou de existir como ser hermafrodita, superado pela consistente sexualidade da raça cainita. Na Gênese, esta passagem está simbolizada pela ação de "Caim matando Abel", indicativa do êxito da separação dos sexos. Tornando-se eminentemente físicos, os progenitores cainitas passaram a responder somente às vibrações materiais, sendo Caim por isso citado como invejoso, símbolo evidente do egotismo formador do núcleo egóico da personalidade.
  9. Está claro que, não sendo um ser isolado, mas apenas um exemplar da raça humana primitiva consolidada, não foi difícil para Caim, afastado das proximidades do Eden, encontrar uma mulher na terra de Nod. Caim é o símbolo do Homem comum atual, reproduzindo-se por sexualidade.
  10. Posteriormente, na sucessão do plano evolutivo, veio Seth, o Iniciado, representando os seres mais evoluídos da 3ª Cadeia Planetária, que tomaram a direção dos cainitas.
  11. Pelo exposto, corroborando o que foi dito 'in limine', a Bíblia não pode ser interpretada literalmente, sem risco de se cair no ceticismo.

/ 0 \

----------------------------------

    1. Provavelmente as questões formuladas pelo Professor Waldemar visem despertar o interesse dos estudantes pela análise dos textos bíblicos sob o ponto de vista ocultista, rejeitando a simples interpretação literal, que, muitas vezes, por exposição fantasiosa ou incoerente, torna-se objeto de ceticismo dos que leem com mente analítica..  
    2. Na verdade, Deus não descansou de Sua obra. Ele a está aperfeiçoando. Embora tenha sido traduzido por descanso,o termo hebraico refere-se à essa atividade de aperfeiçoamento. No sétimo período de qualquer ciclo criativo, a Deidade aperfeiçoa. Esta é uma lei da Natureza.

    O período entre dois ciclos consecutivos é de fruição e atividade onírica, mas não de ociosidade.  O descanso de Deus referido na Questão 1 é apenas uma alusão a este conceito metafísico. Na Torah, o Legislador emulou introduzindo sabiamente o descanso humano no sétimo dia da semana.  

    1. Na Questão 2, pode-se deduzir que Quem ordenou como preceito moral "NÃO MATARÁS" não poderia ter ordenado o assassinato de primogênitos egípcios. Outra explicação, portanto, deve ser buscada. Por enquanto, não me ocorre outra ideia que não a da responsabilidade dos próprios hebreus, que, àquela época, já formavam uma grande população no Egito e eram serviçais em muitas casas e palácios egípcios. Outrossim, nada garantido, mas pode ter funcionado também a magia negra.
    2. As respostas às Questões 3 e 4 podem ser encontradas no texto postado anteriormente a este.
    3. Questão 5 - Metafísica e filosoficamente, "Satan Deus inversus est". A referência feita ao Mal é simbólica, significando que ele só existe nos níveis inferiores de consciência. Por isso, culpa-se a Satã, o Opositor. Satã não é uma entidade, é a energia que possibilita a formação do Centro Egóico humano, necessário à evolução, ambientado na ignorância da Matéria (vibração pesada dos sentidos).  O Mal como o conhecemos deixa de existir à partir do 1° nível cósmico.

     

Responder à discussão

RSS

© 2017   Criado por Henrique.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Política de privacidade  |  Termos de serviço

Free counters!